Você sabia que a frequência com que você costuma ‘fazer amor’ influencia na sua saúde?

Um adulto quando decide manter uma vida íntima ativa e saudável, também contribui para uma série de fatores químicos e hormonais em seu corpo.

ANÚNCIOS

Ter uma vida íntima ativa é uma decisão que cada pessoa deve tomar, levando em consideração questões pessoais e fatores do seu redor. Mas também é algo que pode fazer muito bem para a saúde, na hora certa.

Um adulto quando decide manter uma vida íntima ativa e saudável, também contribui em uma série de fatores químicos e hormonais em seu corpo, que contribuem para uma saúde melhor.

Problemas psicológicos e até neurológicos

Toda pessoa sofre de insegurança, em algum nível. Mesmo a pessoa que você mais admira, cujo a vida parece perfeita, também tem problemas de ansiedade e insegurança. Acontece que algumas coisas podem tornar esses problemas maiores.

A falta de fazer amor pode contribuir para a redução da autoestima. Parece bobagem, mas especialmente para pessoas que estão em um relacionamento, ficar sem fazer amor pode contribuir para que questionamentos e inseguranças comecem a aumentar.

\n\n

ANÚNCIOS

Uma boa experiência na cama com uma pessoa por quem você realmente tem sentimentos, aumenta a oxigenação do sangue, o que contribui para um melhor funcionamento do cérebro e, consequentemente, melhora sua memória.

A falta desse ato pode contribuir ainda para distúrbios de humor, causando estresse e aquela aparência cansada que te acompanha para cima e para baixo, sabe? É claro que não é um fator isolado, mas combinado com várias outras coisas.

ANÚNCIOS

Desequilíbrio hormonal e questões de imunidade

Achou bobeira até aqui? Pois veja bem. A vida íntima faz parte da vida como um todo. Isso significa que é tudo integrado em uma coisa só. O que acontece de negativo nessa parte, influencia todo o resto e vice-versa.

\n\n

Estudos revelaram que a falta de uma vida íntima ativa e saudável, pode contribuir para a redução da imunidade. Sua vida íntima influencia em até 35% dos seus anticorpos, sabia disso? Assustador, não é?

As tão indesejadas acnes? Pois é, também sofrem influência de como anda a sua vida íntima. Se trata de como os seus hormônios andam se comportando e sendo liberados. Então evite chocolate, mas cuide das suas questões emocionais.

A conclusão disso tudo é que a vida é uma grande rede, da qual tudo faz parte e está interligado. Se você tem idade (adulto) e se sente pronto para uma vida íntima ativa, procure fazer isso de forma respeitosa, tanto com você, quanto com a pessoa ao seu lado.

ANÚNCIOS

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.