Polícia da Escócia oferece pagar cerca de R$67 mil para quem tiver pistas sobre ‘irmãos Pablo Escobar’ no Ceará

De acordo com um porta-voz da polícia escocesa, ouvido pelo portal Uol, os irmãos devem ser considerados perigosos e a população local não deve entrar em contato.

ANÚNCIOS

A polícia escocesa entende ter evidências suficientes para acreditar que dois dos criminosos mais procurados do país estão no Brasil. Apelidados de “irmãos Pablo Escobar”, James e Barry Gillespie são acusados de diversos crimes.

De acordo com um porta-voz da polícia escocesa, ouvido pelo portal Uol, os irmãos devem ser considerados perigosos e a população local não deve entrar em contato. Michael Lochrie explica que os irmãos são suspeitos de traficar armas internacionalmente e outros crimes.

Uma das principais evidências de que os irmãos provavelmente estão no Brasil foi a prisão de James White. O britânico é apontado como um dos principais aliados dos dois irmãos e foi preso em Fortaleza, depois da decisão do STF brasileiro.

Procurada pelo Uol, a polícia federal do Ceará informou que não vai se pronunciar sobre as investigações escocesas. As autoridades escocesas não tem certeza de quando os irmãos chegaram ao Brasil, mas acreditam que as viagens eram frequentes.

Outra suspeita escocesa é de que os irmãos possam estar cometendo crimes no Brasil. O Ceará se tornou, nos últimos anos, um ponto estratégico na rota do tráfico de drogas e a polícia escocesa trabalha com essa informação.

ANÚNCIOS

Os irmãos adotam identidades falsas e provavelmente entraram no Brasil com dados falsos. A polícia escocesa acredita que eles estejam trabalhando com traficantes locais para mandar drogas a europa e oferece 10 mil libras para quem tiver informações sobre o paradeiro dos dois.

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.