Nada foi capaz de impedir essa mulher de dar luz a sua filha: 50 miomas, infertilidade e outros problemas

Uma verdadeira história de milagre. Ela não desistiu de engravidar e foi recompensada, mas houve muito sofrimento no caminho.

ANÚNCIOS

O sonho de ter um filho biológico pode ser comum a muitas pessoas, mas nem sempre é possível realiza-lo. Mulheres e homens podem enfrentar dificuldades para engravidar, o que não necessariamente significa que jamais poderão ser pais ou mães, já que existe a adoção.

No entanto, a verdade é que muitos casais esperam conseguir realizar o sonho de viver a gravidez e passar por esse estágio. Flávia Giacinto, agora com 40 anos, foi uma dessas pessoas. Por anos, ela tentou engravidar, até descobrir que a jornada seria mais difícil.

ANÚNCIOS

Ela revela que enfrentou 9 anos de tentativas, chegando a passar por 13 médicos. Foram 2 cirurgias, em uma das quais retirou 50 miomas, e 3 tentativas de fertilização que não deram certo. Mesmo com todos os obstáculos, ela não desistiu do sonho.

Giacinto revela que sempre teve uma menstruação muito dolorosa, mas os médicos afirmavam que era algo normal. Quando descobriu os miomas, foi orientada a remover o útero completamente, mas não aceitou porque sonhava em engravidar.

Ela afirma que consultou muitos outros profissionais, mas a maioria deles concordava com a opinião do primeiro médico e a diziam que as chances de uma gravidez saudável era quase nula, chegando a dizer que, caso ela engravidasse, poderia sofrer um aborto.

ANÚNCIOS

\n\n

No entanto, foi durante uma bateria de exames pré-operatórias que a mulher descobriu que estava, finalmente, grávida. Mas, antes disso, foram muitos os constrangimentos. Os miomas causavam inchaço e Giacinto conta que era frequentemente confundida com uma grávida na rua.

Depois da remoção dos 50 miomas, já acompanhada por um médico com uma opinião menos pessimista, ela teve um balde de água fria ao descobrir que 2 novos miomas haviam se formado. O médico sugeriu, então, uma gravidez mesmo com os miomas, mas alertou sobre o risco de aborto.

ANÚNCIOS

A oferta, claro, era assustadora, mas ela e seu marido tentaram. Sem sucesso. No mesmo período, foi diagnosticada endometriose, infertilidade e menopausa precoce. O casal tentou então adotar o óvulo de uma doadora, mas desistiu.

Ela decidiu se submeter novamente a cirurgia para retirada dos miomas, mas exames posteriores revelaram novos miomas. Frustrada, ela decidiu trocar de profissional. O novo médico procurou acalmá-la, diagnosticou um quadro de clamídia e tratou dessa doença junto com um controle da ansiedade.

A vida sexual do casal melhorou e, para a surpresa dos dois, a gravidez foi confirmada. A gravidez foi cercada de medo, afinal ela havia sido alertada sobre os riscos de um aborto espontâneo. Mas, no final, tudo deu certo e ela teve sua criança.

 

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.