Mulher engravida de marido que morreu há quase 10 anos; esta história é de fazer chorar

Ela já tem um filho e agora está se preparando para a chegada de mais um membro à família.

ANÚNCIOS

Samille Simões Parreiras da Silva Landim é de Volta Redonda, no Rio de Janeiro, ela está esperando mais um filho e essa poderia ser uma gravidez como tantas outras, se não fosse um detalhe: o marido dela morreu há quase 10 anos.

Cleberton morreu devido a um tumor cerebral e a vida de Samille mudou radicalmente, ela teve que lidar com a dor do luto e tentar recomeçar a vida sem o homem que tanto amou. Quando o marido descobriu o problema de saúde, decidiu congelar alguns embriões, mas a esposa acabou engravidando de forma natural.

Durante a gravidez de Samille, Cleberton morreu e depois de algum tempo Pietro Cássio nasceu. Só que ela tinha o desejo de aumentar a família e foi então que começou a lutar na Justiça por uma autorização para implementar os embriões que o marido deixou.

Foram dois anos de uma batalha cansativa, mas finalmente ela conseguiu ter o desejo atendido e agora já está no quarto mês de gestação, mas está tomando todos os cuidados porque é uma gravidez de risco.

ANÚNCIOS

A expectativa é que o bebê nasça em fevereiro, provavelmente no dia 13 que é justamente a data que se completará 10 anos da morte do marido de Samille. Para ela, a chegada deste filho será um renascimento e está muito feliz por saber que chegará mais um membro para a família.

Samille está há cerca de três anos solteira, ela não conseguiu se apaixonar por mais ninguém desde a morte do marido, apesar de ter mantido alguns rápidos relacionamentos. Pietro, que sempre quis um irmãozinho, também está ansioso pela chegada do bebê.

ANÚNCIOS

 

Russel Morais

Aqui você encontra as últimas notícias sobre famosos, novelas, reality, televisão e muito mais. Tem sempre uma matéria nova para você conferir e ficar por dentro de tudo.