Médica que foi picada por jararaca está com 70% dos pulmões comprometidos pela Covid-19

A médica é conhecida como Dra. Fit nas redes sociais e vem travando uma dura batalha também contra o coronavírus.

ANÚNCIOS

Dieynne Saugo estava tomando um banho de cachoeira em Nobres, a pouco mais de 140 quilômetros de Cuiabá, quando foi picada por uma cobra. Isso aconteceu no domingo, dia 30 de agosto, e desde então a vida da médica mudou radicalmente.

Internada, a doutora foi diagnosticada com Covid-19 e sua família  usou as redes sociais para pedir orações aos seus milhares de seguidores. Muitos estão na torcida para que ela se recupere logo.

O portal UOL conversou com um amigo de Dieynne e ele confirmou que a médica está na Unidade de Terapia Intensiva, mas aos poucos tem apresentado melhoras. O hospital não deu nenhuma previsão de quando ela poderá ir para o quarto.

Diyenne foi submetida a uma traqueostomia para ajudar na respiração, já que as vias aéreas estão comprometidas. No texto divulgado nas redes sociais pelos familiares, foi informado que se não fizessem a traqueostomia ela teria que ser entubada. Tal procedimento eleva o risco do surgimento de uma pneumonia.

A família por enquanto prefere não dar entrevista e continuará usando as redes sociais para deixar todos cientes da situação. Dieynne Saugo foi picada por uma jararaca e algumas pessoas que estavam no local quando tudo aconteceu chegaram a filmar o desespero dos banhistas.

ANÚNCIOS

A cobra picou a vítima no rosto e no braço. Ela foi levada para o Centro Antiveneno de Cuiabá, mas gastou mais de três horas no percurso.

Russel Morais

Aqui você encontra as últimas notícias sobre famosos, novelas, reality, televisão e muito mais. Tem sempre uma matéria nova para você conferir e ficar por dentro de tudo.