MP descobre que entidade criada por padre Robson pagou R$ 17 milhões em sino importado

A princípio foi informado que o maior sino suspenso do mundo teria custado R$ 6 milhões, mas o verdadeiro valor foi revelado.

ANÚNCIOS

O maior sino suspenso do mundo está sendo construído para a nova Basílica de Trindade, em Goiás. Segundo a Afipe – Associação Filhos do Pai Eterno, foi pago R$ 6 milhões em 2014.

Só que o Ministério Público do Estado de Goiás revelou nesta última quinta-feira (10), que o verdadeiro valor desse utensílio foi de R$ 17 milhões. Agora está sendo apurado se houve desvio de doações feitas pelos fiéis de todo Brasil.

A Afipe informou ao portal G1 que realmente essa quantia procede, mas seria referente à aquisição de 73 sinos. Em nota divulgada, confirmou que o MP-GO está certo ao dizer que foram gastos R$ 17 milhões, mas esse valor se refere aos 73 sinos.

Os promotores de Justiça descobriram a quantia real paga na peça ao analisarem o material que foi apreendido na Operação Vendilhões. O promotor revelou que há vários documentos em poder do Ministério Público, mas que ainda serão verificados alguns pen drives e também HDs.

Segundo o promotor Sandro Haldfeld, o valor de R$ 17 milhões já foi pago e que R$ 6 milhões se referem a uma parcela apenas. Tal instrumento está sendo produzido na Cracóvia, Polônia, já há 2 anos. Ele tem 4 metros de altura por 4,5 de diâmetro, pesando quase 60 toneladas.

ANÚNCIOS

O bispo da Diocese de Vacaria, no Rio Grande do Sul, fez duras críticas quanto à aquisição desse sino durante um sermão. Dom Sílvio Dutra ainda destacou que “Jesus não precisa de mega templos“.

Russel Morais

Aqui você encontra as últimas notícias sobre famosos, novelas, reality, televisão e muito mais. Tem sempre uma matéria nova para você conferir e ficar por dentro de tudo.