Homem invade casa e mata o próprio genro de 19 anos, em frente da filha, porque não admitia o relacionamento

Parentes afirmam que Pablo teria enviado mensagem para a mãe, no mesmo dia em que foi morto, marcando de apresentar a garota. Não deu tempo. Saulo invadiu a casa e encurtou a vida do garoto.

ANÚNCIOS

Um caso misterioso, e de final trágico, tem chamado a atenção em São Paulo. Um jovem de 19 anos perdeu a vida, com um tiro na cabeça, pelo pai da sua namorada. Mas nem a família do jovem sabe exatamente a identidade da menina, que é menor de idade.

De acordo com familiares, Pablo era um jovem tranquilo, que não se envolvia em problemas e estava apaixonado pela adolescente, que teria conhecido através de redes sociais. A família do jovem não via o caso com grande importância, acreditava se tratar de paixão adolescente.

ANÚNCIOS

Certamente, ninguém podia esperar o que estava para acontecer. Pablo estava em casa com a namorada quando um homem invadiu a residência. Armado, ele disparou contra a cabeça do jovem, que morreu logo em seguida. O atirador era Saulo, pai da garota.

A família de Pablo acredita que o jovem teria entrado em contato com a menina em uma festa, e depois desenvolvido o relacionamento através das redes sociais. Para a família, ele se referia a menina como “Sofia”, mas a garota tem “outros nomes” pelas redes sociais.

Jenifer, Letícia e Carol eram alguns dos nomes usados pela garota, de acordo com familiares do jovem. Discreto em sua vida pessoal, Pablo não havia apresentado a garota para a família ainda, então seus familiares nem sequer a conheceram pessoalmente.

ANÚNCIOS

\n\n

Parentes afirmam que Pablo teria enviado mensagem para a mãe, no mesmo dia em que foi morto, marcando de apresentar a garota. Não deu tempo. Saulo invadiu a casa e encurtou a vida do garoto, que tinha apenas 19 anos de idade.

Em áudio divulgado pela Rede Record, Saulo conversa com um parente de Pablo e faz graves acusações. Ele afirma que tomou “as medidas cabíveis” e acusa o jovem de ter “assediado” sua filha, cujo a identidade não foi confirmada e vem sendo preservada.

ANÚNCIOS

Os pais da garota não apoiavam o relacionamento. No dia do crime, a adolescente fugiu de casa para encontrar com Pablo. Quando a mãe deu por falta da filha, decidiu ligar para Saulo. Os dois foram até a casa da avó do rapaz, onde uma discussão familiar teve início. Um amigo de Pablo, primo da adolescente, apontou onde o rapaz devia estar.

Saulo e Talisson, primo da adolescente, então pularam o muro da casa e invadiram o local, enquanto Pablo dormia. A família afirma que o jovem foi morto enquanto dormia. Saulo está foragido.

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.