Familiares lamentam morte de mulher esfaqueada por defender o filho: ‘parece mentira’

Menino esta em estado grave.

ANÚNCIOS

Uma mulher de 30 anos teve a morte confirmada depois de sair em defesa do filho, que estava sendo agredido por um vizinho. O caso aconteceu em Araranguá, Santa Catarina, e esta sendo investigado pela polícia.

Karla Mayara Hoefling Maciel, de 30 anos, se envolveu em uma briga para proteger o filho, de apenas 14 anos. Segundo informações da polícia, o adolescente era agredido e a mãe entrou em sua defesa.

ANÚNCIOS

Segundo testemunhas, a confusão começou depois que Felipe Velho Medeiro, 28 anos, fez comentários a respeito da roupa usada pela filha de Karla, uma menina de apenas 11 anos.

Karla e o filho adolescente teriam repreendido o vizinho, que buscou uma faca e partiu para cima do menor. Karla correu para proteger o filho e acabou sendo atacada, morrendo no local.\n\nO criminoso foi preso em flagrante e vai responder por crime de homicídio e por crime de tentativa de homicídio. O adolescente, de apenas 14 anos, foi internado em razão dos ferimentos.

O delegado do caso, Gabriel Marcondes, explicou que não solicitou depoimento da menina, de 11 anos. Embora a criança tenha testemunhado o crime, o delegado avaliou que seria forçar a criança a reviver o trauma.

ANÚNCIOS

A polícia, no entanto, ouviu outras testemunhas no caso. Felipe foi preso em flagrante e foi alvo de pedido de prisão preventiva. A família já realizou o velório e sepultamento da vítima. As crianças devem ficar com uma tia.

Familiares lamentaram a morte da vítima. “Nossa sobrinha, três filhos sem mãe. Parece mentira uma tragédia dessa. Vá em paz e que Deus conforte o coração da minha família“, escreveu uma tia da vítima.

Roberta R

Notícias diárias, cobrindo que acontece de mais interessante no Brasil e no mundo. Notícias curiosas, interessantes e cobertura dos famosos.