MPF entra com ação contra o pastor Valdemiro Santiago por causa da fake news do feijão que cura Covid-19 oferecido por ele em um vídeo

O Ministério Público pede uma indenização de 300 mil reais, Valdemiro chegou a dizer que uma pessoa foi curada da doença usando o feijão.

ANÚNCIOS

Valdemiro Santiago, pastor líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, pode ter que pagar uma indenização por danos morais e sociais pela divulgação de um vídeo onde ele sugere que a semente de feijão poderia curar a pessoa do coronavírus.

O Ministério Público pede uma indenização de R$ 300 mil reais, Valdemiro chegou a dizer que uma pessoa foi curada da doença usando o feijão e havia comprovação médica, o vídeo está no YouTube e o pastor pede uma oferta no valor de R$ 100 a R$ 1000 reais.

Valdemiro fala que a partir do momento que o feijão germinasse, a pessoa era curada da covid-19, para o Ministério Público, o pastor está na prática abusiva da liberdade religiosa e coloca os fiéis em risco, induzindo que estão protegidos diante da eficácia desse feijão.

A Igreja Mundial do Poder de Deus foi procurada e em nota afirmou que o vídeo se trata de uma campanha, não é uma ‘promessa de cura’, mas é um propósito da pessoa com Deus, eles nunca venderam a semente, mas a pessoa espontaneamente oferta segundo as condições.

Os procuradores desejam que o Ministério da Saúde publique no site a Fake News do pastor. Segundo o Ministério Público, liberdade religiosa não permite que as lideranças coloquem em risco a saúde pública e explorem a fé das pessoas as custas de sofrimento.

ANÚNCIOS

A Igreja Mundial do Poder de Deus em nota disse que a cura vem de Deus e que a maneira que é tratada no vídeo é uma figura de linguagem, a semente de feijão é uma figura para materializar uma benção de Deus, o valor expresso no vídeo não é pela semente, cada um contribui com o que pode, a instituição tem como meta pregar a fé.

Cláudia LM

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.