Gerente de shopping chama funcionária de escrava e caso vai parar na delegacia, no Rio de Janeiro

‘Assim como você, escrava’; disse a gerente à funcionária.

ANÚNCIOS

O delegado da 14ª Delegacia de Polícia, no Leblon, registrou como racismo o caso envolvendo a funcionária de um Shopping no Leblon, Zona Sul do Rio de Janeiro.

A vítima, Janine de Oliveira Monteiro, de 27 anos, procurou a delegacia que fica em frente ao shopping onde ela trabalhava como estoquista, após ser chamada de “escrava” pela gerente.

A assessoria da Restoque, dona da marca Rosa Chá, emitiu nota informando que a gerente foi afastada até que as investigações sejam concluídas e terminado o processo, medidas serão tomadas, a nota diz ainda que toda forma de discriminações tem repúdio certo.

Em entrevista, a funcionária relatou que esta não foi a primeira vez que algo do tipo aconteceu, mas dessa vez, decidiu não mais se calar, ainda segundo ela, numa roda de conversa, em determinado momento, a gerente apontou para ela e disse: ‘assim como você, escrava’.

A jovem disse que se sentiu muito mal ao ser tratada daquela forma e relatou ainda que foi horrível e custou a acreditar que a gerente estava se referindo a ela daquela forma, ela disse ainda que soou tão natural para a gerente, que seguiu as atividades do dia como se nada tivesse acontecido.

ANÚNCIOS

Janine disse que outras vezes a gerente dizia aos seus colegas que poderia sujar o chão, dizendo que ela limparia tudo, mesmo sendo estoquista.

ANÚNCIOS

A assessoria do shopping também se pronunciou em nota de repúdio ao ocorrido.

Millena Carvalho

Estudante de Letras, apaixonada pela vida e pela arte. Comprometida com a seriedade em repassar informações verídicas e que enriqueça o conhecimento de nossos leitores.