Cidade em Santa Catarina aprova lei que proíbe cachorro de latir; multa é de até R$ 23 mil

A população ficou furiosa com a nova lei, mas os vereadores se defenderam dizendo que não leram o projeto.

ANÚNCIOS

A Câmara de Penha, cidade do estado de Santa Catarina, aprovou por unanimidade uma lei que proíbe os cães de latirem. Como não ficou determinado o horário, abre espaço para interpretar que vale para qualquer momento do dia.

Para a população do pequeno município a novidade foi um grande choque, pois muitos moradores da Penha têm cachorros em casa e não sabem o que fazer para impedi-los de latir.

Outra questão é que não foi determinado como será feita a fiscalização, ou se basta alguém denunciar tendo algumas testemunhas. Dessa forma, a nova lei causou uma grande polêmica e deixou a população revoltada.

Mas o que ficou bem claro nessa nova lei é quanto ao valor da multa, quem desobedecer a lei pagará até R$ 23 mil. Nas praças algumas pessoas fizeram piada com a decisão da Câmara e questionaram o que acontecerá quando um cachorro de rua latir, considerando que não tem ninguém responsável por ele.

O vereador do PL, Everaldo Dal Posso, foi quem apresentou essa proposta e ainda não explicou o que os donos de cachorros devem fazer para calar seus animais. Esse vereador tem se empenhado em garantir o sossego na cidade e quer penalizar até mesmo aqueles que vierem a provocar “gritaria e algazarra”.

ANÚNCIOS

Os vereadores que aprovaram a lei inusitada disseram que foi uma falha, pois não leram antes. Porém, o prefeito da cidade teve ciência do que estava acontecendo e tal projeto não o agradou, sendo vetado pelo mesmo. Agora, a proposta passará para o plenário, retomando o debate.

Russel Morais

Aqui você encontra as últimas notícias sobre famosos, novelas, reality, televisão e muito mais. Tem sempre uma matéria nova para você conferir e ficar por dentro de tudo.