Aos 63 anos de idade, a atriz Cássia Kis diz que Bolsonaro é “birrento” e que deveria “levar uma surra de cinto da mãe dele”

A atriz afirmou que o presidente é infantil e devia levar uma surra da mãe.

ANÚNCIOS

A atriz Cássia Kis, 63 anos, em entrevista a VEJA RIO, falou desde trabalho a política. Uma das suas representações mais marcantes na teledramaturgia brasileira estará inclusive sendo reprisada pela Globo Play a partir da segunda, dia 20, que foi a vilã da novela Vale Tudo.

A famosa também falou sobre a quarentena e o isolamento social. Quando foi perguntada sobre como estava se sentindo com o distanciamento, ela respondeu que está exausta, que sua casa é muito grande e tem muitas coisas para fazer, mas que não tem apoio.

ANÚNCIOS

Ela está com três homens dentro de casa, seus filhos. A cozinha estava por limpar, assim como o banheiro. E a famosa desabafou estar andando muito triste e cansada.

Perguntaram se a tristeza que tem sentido é relacionada a quarentena, e ela respondeu que sim, que às vezes ela chora e pensa que está no “fim do mundo”. A atriz disse que fica pensando que tem muitas pessoas sem o ter que comer e que, para piorar, o Brasil tem um presidente “infantil”, o qual fala absurdos como se fosse uma “criança” e que ele devia “levar uma surra de cinto da mãe”.

Perguntaram se ela acha que o presidente age de modo infantil durante a pandemia, Cássia Kis disse que sim. De acordo com ela, o presidente é “birrento” e quer mostrar que tem poder.\n\nAo ser perguntada sobre se esse é o melhor momento de reprisar a novela Vale Tudo, que retratou a falta de ética no Brasil, a atriz respondeu que é importantíssimo reprisar, para expor valores deturpados e gerar análises sobre a conduta do ser humano.

ANÚNCIOS

De acordo com a atriz, a cena em que ela matou Odete Roitman caiu bem no dia do seu aniversário. Ela havia saído para comemorar e festejar e no outro dia havia a foto dela com uma arma apontando para a câmera estava em todas as revistas e jornais do país.

A famosa também foi perguntada sobre se pretende escrever alguma biografia, e a mesma afirma que sim. Ela está anotando ideias e algum dia o projeto irá sair do papel.

Cássia também falou que tem muita história para contar, até mesmo já foi assediada e passou por coisas inacreditáveis. Ela conta que no livro irá contar sua história, mas não pretende xingar ninguém e busca apenas mostrar que o ser humano pode ser perigoso e cruel.

ANÚNCIOS

 

Cláudia LM

Colunista de notícias dedicada a escrever artigos de qualidade sobre saúde, TV, notícias de grande repercussão, notícias gospel e demais assuntos.